Sobre-viver

            Olhando por um minúsculo feixe de luz, de longe, posso dizer um trecho sobre as pequenas catástrofes que sobrevivemos durante a semana. Comecemos:              Conversando com uma amiga sobre o dia a dia, sobre o fato de já estarmos no meio do ano e daqui a pouco, mais prazos de encerramentos se aproximando, outros … Continue lendo Sobre-viver

Quebra-cabeça

            Decidir as partes que realmente importam, no fundo é de uma delicadeza sem precedentes.  As partes que encaixam com um olhar mais sensível, um sorriso mais leve, a parte que muitas vezes, entende que acabou e é isso. A parte que vê a solidão, ás vezes como uma festa de um convidado só – … Continue lendo Quebra-cabeça

Pessoas possíveis

                A gente vai crescendo, o mundo vai nos engolindo aos poucos e por migalhas, nos pegamos a lutar. Lutamos por um pouco de sossego, um mínimo de respeito, uma gota de compreensão, se ainda for muito, uma partícula de bom senso. Na maioria das vezes, a cabeça pede arrego. “PARA POR FAVOR, PARA, SE … Continue lendo Pessoas possíveis

Tempo para inutilidades

            Estou completamente apaixonado pela recente série da Netflix, chamada “The Crown”, cuja proposta muito alegrou a crítica e conquistou meus dias. A ideia central é de mostrar a trajetória da rainha Elizabeth II, um dos reinados mais longos da Inglaterra – e repleto de conflitos em meio a um pós-guerra e atritos com a … Continue lendo Tempo para inutilidades